Abdominal Geral

Retirada de Vesícula Biliar

Retirada de Vesícula Biliar (Colecistectomia)

Os cálculos vesiculares afetam mais de 20 milhões de pessoas nos E.U.A.91, sendo que aproximadamente um milhão de pacientes optam por se submeter a uma retirada de vesícula biliar para tratar a condição21. Se você apresenta um problema persistente com cálculos vesiculares, seu médico pode recomendar a cirurgia

Até 1990, as retiradas de vesícula biliar (ou colecistectomias) eram realizadas através da cirurgia tradicional “aberta”, que requer uma grande incisão. Atualmente, novas tecnologias possibilitam que os cirurgiões realizem a colecistectomia, usando uma abordagem minimamente invasiva (com incisões menores), que podem resultar em menos dor e formação de cicatrizes, bem como em uma recuperação mais rápida. Isso significa que você pode retornar às atividades normais mais rapidamente.20 Para retirar sua vesícula biliar, os médicos têm duas opções:

Em uma colecistectomia aberta, o cirurgião:

  • Faz uma incisão de 13-20 cm atravessando a pele, músculo e tecido protetor abaixo de suas costelas, em seu lado direito.
  • Puxa o músculo e tecido para visualizar seu fígado e a vesícula biliar.
  • Isola e retira a vesícula biliar.
  • Fecha a incisão com suturas ou grampos cirúrgicos.

Em um procedimento minimamente invasivo para colecistectomia, o cirurgião:

  • Faz várias incisões de 0,70 cm, ao invés de uma grande incisão.
  • Infla seu abdômen com ar ou dióxido de carbono.
  • Insere uma câmera em miniatura, denominada laparoscópio, no abdômen através de uma das incisões e visualiza as imagens em um monitor de vídeo.
  • Usa instrumentos avançados de cabos longos inseridos através das outras incisões, para soltar e retirar sua vesícula biliar.
  • Fecha cada pequena incisão com suturas.
X
X
Compartilhar com os amigos

Interessado em compartilhar este item?

X
Tradutor do Código do Produto
X
Device code translator results

Volte para busca