Abdominal Geral

Reparo de Hérnia Ventral

A cada ano nos E.U.A., os cirurgiões reparam quase 384.000 hérnias ventrais.21 Como ocorrer com qualquer tratamento para hérnia ventral, o reparo de hérnia começa com uma discussão com seu médico sobre o melhor curso de ação, para lidar com seu problema específico.

Tradicionalmente, essa cirurgia é realizada usando uma única grande incisão ou o procedimento “aberto”. Entretanto, à medida que a tecnologia avançou, cada vez mais reparos de hérnia vêm sendo realizados usando os procedimentos minimamente invasivos (com pequenas incisões), que podem oferecer vantagens importantes durante sua recuperação.

Aqui estão duas opções que os cirurgiões têm para o reparo de hérnia ventral:

Geralmente em um reparo “aberto” de hérnia, o cirurgião:

  • Faz uma incisão atravessando a pele, músculo e tecido protetor em seu abdômen no local da hérnia. O tamanho da incisão depende do tamanho da hérnia.
  • Faz a dissecção liberando o saco da hérnia e retira as aderências.
  • Empurra o conteúdo da hérnia para o lugar.
  • Às vezes, coloque uma malha artificial sobre a hérnia e então liga a parede abdominal à malha.
  • Fecha a incisão com suturas ou grampos cirúrgicos.

Em um reparo minimamente invasivo de hérnia ventral, o cirurgião:

  • Faz várias incisões de 0,70 cm longe da hérnia.
  • Infla seu abdômen com ar ou dióxido de carbono.
  • Insere uma câmera em miniatura, denominada laparoscópio, no abdômen através de uma das incisões e visualiza as imagens em um monitor de vídeo.
  • Faz a dissecção liberando o saco da hérnia e retira as aderências.
  • Usa instrumentos avançados de cabos longos inseridos através das outras incisões, para puxar os órgãos de volta para a posição apropriada e então reforça a parede abdominal com a malha artificial da parte inferior.
  • Fecha cada pequena incisão com suturas.
X
X
Compartilhar com os amigos

Interessado em compartilhar este item?

X
Tradutor do Código do Produto
X
Device code translator results

Volte para busca