Conversar com seu médico

Trabalhando com seu médico

Se você foi recomendado para um procedimento cirúrgico, é importante conhecer todos os fatos. Quanto mais você souber sobre sua condição e seu procedimento, mais preparado você se sentirá.

Bem-vindo à equipe

A primeira etapa nessa jornada é reconhecer que agora você faz parte de uma equipe. Essa equipe inclui seu médico pessoal que fez o diagnóstico, o cirurgião que realizará o procedimento e, em alguns casos, um especialista que foi chamado para ajudar a fazer o diagnóstico.

Quando se trata de escolher seu tratamento (e, às vezes, seu cirurgião), você tem um papel vital. Você precisa informar suas preocupações aos outros membros de sua equipe. Você deve se sentir à vontade para fazer perguntas, e deve saber que sua equipe está aqui para apoiar você.

Aqui estão alguns indicadores para ajudar você com esse processo:

  • Escreva todas as suas perguntas antes da consulta e leve a lista com você para a visita.
  • Se você foi examinado, você pode querer falar com seu médico fora da sala de exames, em seu consultório, onde você pode ficar à vontade e totalmente vestido.
  • Anote as respostas que seu médico der a você.
  • Não tenha medo de pedir esclarecimentos, se houver algo que não entende.
  • Leve um amigo ou parente com você na consulta para ouvir também as respostas e ajudar você a se lembrar das informações.
  • Se você tiver outras dúvidas, após a consulta, não tenha medo de ligar para o consultório para tirar essas dúvidas.

Melhores decisões juntas

Uma vez que você e sua equipe médica decidem que você precisa de cirurgia, isso não significa que todas as decisões foram tomadas. Você pode querer considerar realizar um procedimento minimamente invasivo. Isso é algo que só seu médico pode determinar, mas você pode iniciar a conversa. Aqui estão algumas perguntas básicas para fazer a seu médico de atenção primária:

  • Há uma opção minimamente invasiva para este procedimento?
  • Um procedimento minimamente invasivo é uma boa opção para mim?
  • Quais são os benefícios de um procedimento minimamente invasivo?
  • Quais são os riscos?
  • Você conhece um cirurgião que realize esse procedimento rotineiramente, usando uma abordagem minimamente invasiva?

Perguntas a fazer a um cirurgião

Quando você é encaminhado a um cirurgião, exatamente como você fez com seu médico de atendimento primário, você deve se sentir à vontade para perguntar qualquer coisa sobre sua futura cirurgia. Seu cirurgião e enfermeiras são as melhores fontes de informações. Aqui estão algumas perguntas para ajudar a iniciar uma conversa sobre as opções minimamente invasivas:

  • O senhor acha que um procedimento minimamente invasivo é uma boa opção para mim, para esse procedimento?
  • Quantos procedimentos minimamente invasivos o senhor já realizou?
  • Quantas vezes o senhor realizou esse procedimento específico?
  • O senhor realizará o procedimento sozinho ou com outros cirurgiões?
  • O senhor tem uma equipe especializada que foca em procedimentos minimamente invasivos?
  • Quando poderei sair do hospital?
  • Quanto tempo levarei para me recuperar?
  • Quando posso retomar minhas atividades normais, incluindo escola, trabalho, atividade física, atividade sexual e lazer?

Para encontrar mais perguntas que estão relacionadas especificamente a sua condição, visite as seções Tópicos de Saúde abaixo:

X
X
Compartilhar com os amigos

Interessado em compartilhar este item?

X
Tradutor do Código do Produto
X
Device code translator results

Volte para busca